Notícias

Notícias na Internet

Cresce número de contratações no interior do Rio: TI e setor de bebidas lideram vagas

RIO - Nem só de petróleo e gás vive o interior do Rio. Em período de crise, as regiões serrana e Centro-Sul tiveram aumento do número de contrações com destaque para os setores de fabricação de bebidas alcoólicas (87%), serviços de TI (54%) e manutenção e reparação de máquinas (84%).

De acordo com a analista de estudos econômicos da Firjan, Julia Rangel Pestana, o estudo da federação mostra que todos estes setores tiveram acréscimo no número de empregados entre 2014 e 2018, auge da crise no estado.

No caso da GE Celma, unidade de aviação da GE no Brasil que tem unidades em Petrópolis, Três Rios e Rio, o acréscimo do número dos funcionários veio do aumento da demanda na revisão e reparo de turbinas aeronáuticas. A empresa tem 95% de sua produção voltada para o exterior.

Jaqueline Tibau, diretora de RH da GE Celma, afirma que, nos próximos três a cinco anos, a empresa deve gerar entre 300 e 500 vagas para todo o seu complexo, especialmente por conta da ampliação do banco de Provas de Três Rios. Somente no ano que vem, a empresa deve fazer cerca de 100 contratações. Atualmente, são três mil funcionários.

—Como somos uma empresa especializada no setor de aviação, é fundamental que todos os nossos novos profissionais passem por um processo de treinamento. Formar um profissional do segmento de aviação requer tempo, já que é um ciclo de aprendizado longo.

uliana Freitas, de 36 anos, engenheira de Qualidade, foi contratada na Celma este ano, depois de seis meses trabalhando apenas sob demanda.

— Gastava muito tempo no trânsito, trabalhando no Rio. Agora, tenho mais qualidade de vida — diz a moradora de Petrópolis.

Entre 2016 e 2017, fábrica da cerveja Bohemia em Petrópolis, da Ambev, fez seu maior número de contratações, quando houve aumento nos turnos da cervejaria e ampliação da planta, explica o geretente fabril José Antônio Pohren.

— A cidade é um importante polo cervejeiro, e a proximidade com outras cervejarias fomenta esse mercado. Com isso, há uma série de eventos que promovem o consumo e a cultura cervejeira —explica Pohren.

Setor de tecnologia

Outra potência é o setor de TI. Com sede em Teresópolis, mas nascida em Petrópolis, a Alterdata tem 1.731 colaboradores, 71% ligados às áreas de desenvolvimento de software, suporte técnico e comercial. Nos últimos seis meses, foram contratados 281, revela Michel Coelho, gerente de RH da empresa.

— Já recebemos ofertas para ir para outra cidade, mas acreditamos no impacto e na responsabilidade que temos com o desenvolvimento da região e por isso, também desde o início, contribuímos para formar uma mão de obra que não existia por aqui— diz o CEO Ladmir Carvalho.

Petrópolis, Teresópolis e Nova Friburgo fazem parte do Serratec, um programa que visa capacitar mão de obra no setor de tecnologia, atrair novas empresas e gerar negócios com apoio da Firjan, do sindicato das indústrias do setor e das prefeituras das três cidades e do Governo do Estado. Atualmente, este polo de tecnologia tem 170 empresas com três mil funcionários e uma movimentação de R$ 550 milhões/ano. A ideia é que até 2021 sejam criadas mais 10 empresas, com a criação de mais 360 postos de trabalho e faturamento de R$ 715 milhões, explica o presidente do Serratec, Marcelo Carius.

Carius afirma que um importante passo para se alcançar este objetivo é a capacitação profissional gratuita chamada “Residência em Software”, que hoje tem 70 alunos em Petrópolis e terá mais 70 em Nova Friburgo e 70 em Teresópolis no ano que vem. A empregabilidade é de 90%

— Há uma deficiência de mão de obra de programadores. Nosso objetivo é aumentar o número de empresas participantes para podermos capacitar mais pessoas.

Atualmente, sete empresas patrocinam o o projeto, afirma Thais Ferreira, gerente executiva do Serratec. O impacto de 60 programadores formados é a criação de novas equipes, que podem gerar mais de mil empregos em diferentes áreas.

Tiago Martins da Costa Ferreira, sócio da Neki, empresa de tecnologia e co-financiadora do Serratec, afirma que tem projetos “na agulha” e estão sendo programados para serem tocados pela turma da “residência”.

— Há um apagão de desenvolvedores no Brasil e muitos trabalhos não são desenvolvidos por conta disso —revela ele.

Confira os vídeos do 'Dicas de Gestão' exibidos pela Inter TV

Desde 2018, a Inter TV RJ leva ao ar no intervalo institucional o quadro Dicas de Gestão, uma iniciativa para orientar empreendedores do interior do estado. Os vídeos, de 30 segundos, trazem dicas de Ladmir Carvalho, empresário do setor de software de Teresópolis. Ladmir é o idealizador de uma das empresas mais relevantes para a cidade serrana.

A empresa trabalha no desenvolvimento de softwares para todo o Brasil e desenvolve várias ações para a capacitação de funcionários, com treinamentos do mesmo nível das grandes metrópoles. Além disso, o negócio ainda tem várias ações de envolvimento social com projetos da cidade. Entre eles, o Não me Toque seu Boboca, dedicado ao esclarecimento da violência sexual contra crianças e adolescentes.

No Dicas de Gestão, Ladmir leva o aprendizado de décadas de carreira para quem já tem ou pensa em montar a própria empresa. Uma maneira de incentivar o empreendedorismo num período difícil da economia do estado.

Agora, a Inter TV quer garantir um aprendizado ainda mais eficiente para nossos empreendedores. Está disponibilizando na sua página institucional vídeos completos com as dicas empresariais de Ladmir Carvalho, muitas vezes repassadas apenas em palestras disputadíssimas. Nesses vídeos, ele leva um esclarecimento mais profundo das questões abordadas nos vídeos institucionais do intervalo.

As produções são de 5 minutos e estão disponíveis, gratuitamente, a partir de hoje.

Com isso, a Inter TV quer garantir aos empreendedores locais acesso a informações relevantes para o desenvolvimento dos seus negócios.

Assistir Vídeos

Alterdata celebra 30 anos!

Crise é oportunidade! Na trajetória de 30 anos da empresa, os fundadores da Alterdata Software, Ladmir Carvalho e José Ronaldo da Costa avançaram ano a ano com essa máxima em mente.

Com crescimento de 18% (R$ 190 milhões de faturamento) em relação a 2018, mais de 50 mil clientes, 100 unidades em todo o país e cerca de 1.600 funcionários, a Alterdata Software se prepara para crescer ainda mais em um cenário em que várias empresas encolheram.

“O segredo foi sempre procurar aprender e analisar tanto o mercado quanto as possibilidades de atuação”, diz Ladmir. Além de se manterem antenados e buscar soluções, os sócios apostam na inovação, em novos investimentos, na compra de empresas, no crescimento no Sul do país e no interior do estado de São Paulo para cumprirem a meta de dobrar a companhia até julho de 2020.

Uma casa ainda maior...

A Alterdata planeja crescer em sua estrutura física. Para isso, a matriz recebeu um investimento em torno de R$ 6 milhões para aumentar sua área. Um prédio extra, com cerca de 2 mil m² vai expandir a capacidade da sede, em Teresópolis, que tem 1200 colaboradores.

Alavancando clientes...

Dentre as estratégias de planejamento da Alterdata Software, que completou 30 anos em julho, estão: agregar valor de fintech aos seus softwares; oferecer crédito; capital de giro e estudos conectados a bancos para ajudar os clientes a terem mais recursos. A empresa oferece um portfólio diversificado de soluções nas áreas de Contabilidade, Gestão, CRM para vários segmentos, do varejo à indústria. O CEO Ladmir Carvalho espera crescer em outras verticais, alcançar a lideranças e lançar softwares, como os da área de Educação e Estética.

Evento da Acia doa 52 cadeiras de roda e banho

Este foi o saldo da palestra beneficente “Empreendedorismo é uma questão de atitude”, com Ladmir Carvalho, da Alterdata Software, realizada na última quarta-feira (26) pela Acia (Associação Comercial e Industrial de Americana), através do Deps (Departamento das Empresas Prestadoras de Serviço).


Teresópolis terá nova edição de festival de cinema

Teresópolis se prepara para sediar a quarta edição do Brazil International Film Festival, que será realizado entre os dias 23 e 25 de agosto. Produzido pela Ze's Produções e a Mox Music, em parceria com a portuguesa Rosa dos Ventos, o evento vai levar à cidade serrana as mais recentes novidades do universo cinematográfico mundial. O apoio cultural é do jornal O DIA.

Tendo como homenageado deste ano o ator Lima Duarte, o festival terá diversas sessões gratuitas, que acontecerão na Praça Nilo Peçanha, no Teatro Municipal, no Auditório da Alterdata Software e nos jardins do hotel Le Canton. No total, serão 42 filmes, sendo 30 produções em português ou legendadas e outras 12 em inglês ou espanhol ou com legendados nestas duas línguas.

Neste ano, as produções — brasileiras e estrangeiras — vão concorrer em onze categorias. Elas serão premiadas em Animação, Filme de Estudante, TV e Web Série, Roteiro de Curta, Roteiro de Longa, Documentários Curtas, Documentários Longas, Curtas em Português, Curtas, Longas e Prêmios Especiais do Júri.

Minotouro, um dos grandes nomes do MMA, fala sobre sucesso profissional para empreendedores

Uma das lendas do MMA, o baiano Rogério Minotouro encarou um auditório lotado, nesta segunda-feira, em Nova Iguaçu, para deixar sua mensagem: muitos querem colocar no peito a medalha de ouro, mas é preciso treinar na intensidade necessária todos os dias. O atleta foi responsável pelo encerramento do evento “Empreendedorismo na veia”, que aconteceu no Hotel Mercure.

Nos últimos anos, Minotouro se tornou um exímio palestrante, e, desde então, vem contando sua história de vida através da palestra “Despertando o campeão que há em você”. Durante uma hora, falou sobre as estratégias que adquiriu ao longo de sua carreira, tais como foco, inteligência emocional e alta produtividade, para atingir o sucesso na vida profissional.

— O campeão já existe. Muitas vezes, as pessoas esquecem o que tem que ser feito. Faço uma metáfora com a vida do atleta que não tem o resultado esperado numa grande competição. Todos estão bem preparados, mas vai se destacar quem treinou na intensidade necessária, todos os dias. O grande atleta pode até se cansar um dia. Mas aí é parar, descansar e seguir em frente. Nesses momento, ter uma grande equipe, que vai te motivar a seguir, pode fazer a diferença — diz o lutador, que, aos 42 anos, soma 23 vitórias e nove derrotas na carreira.

Minotouro chama atenção de quem está iniciando seu próprio negócio para que desconfie de fórmulas prontas de sucesso:

— As pessoas prometem fórmulas de sucesso, com resultados rápidos. Isso não existe. O sucesso está em ter um processo muito bem definido. Muita gente quer a medalha de ouro no peito, mas nem todo mundo quer treinar com determinação, todos os dias. É isso que vai fazer você chegar lá — conclui.

Tenha um plano de negócio e um diferencial

O evento realizado pelo Sebrae reuniu outros palestrantes de peso, além de Minotouro. Alex Campos iniciou o dia com a palestra “Faça as pazes com o dinheiro”, título de seu livro editado pela Letra Capital. Em seguida, Ladmir Carvalho, um dos fundadores e diretor da Alterdata, empresa com sede em Teresópolis e que hoje figura entre as seis maiores empresas brasileiras de software, falou sobre seu caminho de sucesso. E veio gente de longe para ouvi-los.
Fonte: https://extra.globo.com/noticias/rio/minotouro-um-dos-grandes-nomes-do-mma-fala-sobre-sucesso-profissional-para-empreendedores-23810529.html

Entre em contato com a Alterdata
e solicite uma demonstração

Junte-se aos mais de 500 mil usuários



Quero falar com
o Comercial.

0800 704 1418

Quero falar com
a Alterdata.

Karoo Chat

Falar com vendas?
Nós te ligamos.

Agendar

Sempre perto
de você.

Filiais e Representações
Atendimento Online